Mostre que

se preocupa com a defesa do ambiente

 

 

Certificação ecológica

Os regulamentos em matéria de energia estão em constante evolução. Atualmente, muitas autoridades locais definem metas obrigatórias para o consumo de energia e o tamanho da pegada de carbono. Contudo, a obtenção da certificação ecológica também pode elevar a imagem da sua marca, conquistar o respeito do público e dar o exemplo a outras organizações de saúde.

 

Estamos disponíveis para o ajudar a cumprir e ultrapassar os seus objetivos energéticos com tecnologia de iluminação inovadora

Enfermeira a caminhar no corredor de um hospital ecológico

Sabia que…?

No Reino Unido, a partir de 2018, deixará de ser possível alugar a maioria dos edifícios sem eficiência energética de acordo com o Energy Act 2011
Data a partir da qual deixará de ser possível alugar a maioria dos edifícios sem eficiência energética no Reino Unido de acordo com o Energy Act 2011
Poupança de energia estimada de 612 milhões de dólares conseguida nos primeiros 10 anos do programa de edifícios ecológicos de São Francisco
Poupança de energia estimada conseguida nos primeiros 10 anos do programa de edifícios ecológicos de São Francisco
Poupança de 1,44 milhões de toneladas de carbono – resultado do primeiro ano do programa obrigatório de redução de emissões de Tóquio
Toneladas de carbono poupadas – resultados do primeiro ano do programa obrigatório de redução de emissões de Tóquio

Soluções 
preparadas para o futuro

 

Uma simples mudança para iluminação hospitalar ecológica pode ajudá-lo a cumprir a legislação atual. Com os nossos sistemas inovadores, pode adotar uma solução de sustentabilidade duradoura que ultrapasse as suas metas em matéria de energia, tanto agora como no futuro.

 

Além disso, a Philips também pode apoiar a aquisição ecológica de equipamentos médicos, uma vez que podemos divulgar caraterísticas ambientais de produtos com um grande grau de detalhe.

Programas ecológicos
de todo o mundo

O estabelecimento de objetivos energéticos não precisa de ser difícil. Um pouco por todo o mundo, existem programas concebidos para ajudar os proprietários a cumprir metas obrigatórias ou a obter uma certificação voluntária.

 

A metodologia BREEAM (Building Research Establishment Environmental Assessment Method) surgiu nos EUA sob a forma de uma certificação voluntária e é agora utilizada em mais de 50 países, com alguns a criar as suas próprias variantes.

Médico prepara um doente para uma RM
Alguns exemplos de certificações voluntárias e índices de sustentabilidade para edifícios incluem:
 
  • BREEAM Outstanding Offices, Reino Unido
  • LEED (Leadership in Energy and Environmental Design)
  • HQE (Haute Qualité Environnementale), França
  • DGNB (Deutsche Gesellschaft für Nachhaltiges Bauen e.V.), Alemanha
  • VERDE (EUA)
  • Energy Star (EUA)
  • Green Mark (Singapura)
  • Green Star (Austrália)
  • Norma 5281 (Israel). Esta certificação voluntária única promove a arquitetura passiva e com consumo de energia reduzido.
Médicos a examinar um doente numa máquina de raios X